O que colocar na lancheira da escola?

Falar em merenda escolar é falar também na formação do  hábito alimentar da criança, por isso os pais devem ter atenção especial na hora de escolher quais alimentos vão dentro da  lancheira.

Pesquisas realizadas na área de nutrição infantil mostram que alimentos como pão tipo bisnaguinha, biscoitos recheados, biscoitos tipo snack salgados e bebidas lácteas a base de chocolate são facilmente encontrados nos recreios da criançada. Elas podem ser as opções mais fáceis para os pais, mas nem de longe são as mais saudáveis. Então vamos às dicas!

Primeiro precisamos ter uma fruta no lanche, de preferência na forma natural, porque garante um aporte maior de fibras alimentares. Mas se criança gostar de suco pode ser uma opção.. Prefira o natural, mas quando for comprar ele na caixinha fique de olho na lista de ingredientes. , Preste atenção se o suco tem mesmo fruta E evite os tipos que contém corantes artificiais, aromatizantes  e os adoçantes artificiais (aspartame/ ciclamato e sacarina sódica).

Para acompanhar deixe as bisnaguinhas de lado e de preferência aos pães integrais que tem mais fibras e menos gorduras. . E para rechear uma gostosa geleia de frutas, requeijão light, queijo branco ou uma pastinha de ricota com orégano, são exemplos de  boas pedidas. No lugar do pão as crianças também pode levar um bolinho caseiro(veja receita no final da matéria). Eles podem ser preparados em forminhas individuais como as de cupcakes  e depois de prontos  bem acondicionados e congelados. Quando a criança for levar para a escola é só tirar na noite anterior e colocar na lancheira! Uma outra dica legal é: em todas as receitas metade da farinha branca pode ser substituída por farinha integral que garante mais fibras e minerais como zinco e vitaminas do complexo B, importantíssimos na infância. Evite os bolinhos comerciais porque são ricos em gorduras saturadas, fique atenta!

Os biscoitos tipo snack salgados também são os preferidos de muitos pequenos, mas preste atenção se na composição não está presente o aditivo glutamato monossódico que é um realçador de sabor que, após sucessivo consumo, “ mascara” o paladar e deixa a criança mais susceptível a rejeitar alimentos naturais de sabor mais suave quando comparados aos industrializados.  Além disso, ele também ajuda a aumentar o conteúdo de sódio do biscoitos. A versão doce e recheada dos biscoitos  também deve ser evitada porque contém grande quantidade de açúcar e de gordura trans, uma gordura maléfica que aumenta o colesterol. E mais um detalhe para se prestar atenção: mesmo que o produto diga no rótulo que tem “ 0% de gordura trans” vá na lista de ingredientes e veja se existe a presença de gordura vegetal hidrogenada. Em caso positivo,  o 0%  de gordura trans só e conseguida pela diminuição na quantidade da porção dos biscoitos. Porém ela estará presente e consumida.

Finalmente, se a opção for pela criança comprar a merenda na escola, oriente para que ela  evite os refrigerantes, hambúrgueres  e  dê preferência aos salgadinhos assados ao invés dos fritos.}document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Endereço: Rua Visconde de Pirajá, 351 sala 1204- Ed. Fórum de Ipanema - Ipanema/RJ - Telefone: 21 3497-3929 / 9907-7585

© Copyright 2012 :: Gabriela Maia Nutricionista :: www.gabrielamaianutricionista.com.br

Criação de sites: Niterói WebSites | Comunicação: Dona Comunicação